Vestido Preto: Um clássico que nunca saí da moda

   “Dizem que: uma mulher precisa de apenas duas coisas na vida: um vestido preto e um homem que a ame”. Eu também concordo! escolha um “pretinho básico” e use-o para sempre. Usado desde sempre, o vestido preto se tornou o clássico do guarda-roupa ao ser desenhado e usado incansavelmente por Gabrielle Coco Chanel. O vestido preto é a peça mais clássica e atemporal do guarda-roupa feminino. Versátil, tanto no seu uso quanto nas suas possibilidades, o vestido preto combina com muitas ocasiões, com qualquer estilo e fica perfeito em todas as mulheres, independente da idade ou do tipo físico.
    “O preto transmite poder, formalidade, elegância, seriedade, autoridade”, declara a estilista de moda Cloria kallil. Ao escolher o vestido preto, a maioria das mulheres se sentem mais segura, tanto por a peça ser fácil de combinar quanto por ficar bem em todas as mulheres.
      Existem diversos modelos de vestido preto: mais justo, ideal para a noite, perfeito para festas, entre outras variedades. O vestido preto tubinho é o clássico dos clássicos. Por ser um modelo mais justo, ele define as curvas e deixa a mulher mais sensual. Pode ser usado em diversas ocasiões, como balada, jantar, barzinho e até mesmo no escritório, desde que combinado com um blazer e dando preferência a comprimentos mais próximos do joelho.
        Se no verão é mais difícil usar o preto, no inverno é a cor oficial da estação. Escolha tecidos mais pesados e quentinhos e dê preferência a modelos mais fechados. Se você possui um vestido mais veranil, combine-o com jaquetas, blazer e outros tipos de casacos para te deixar aquecida. A meia-calça ajuda a esquentar as pernas, assim com as botas de cano longo, por isso invista nesses acessórios. Você pode criar looks monocromáticos, usando tudo preto, ou fazer combinações com peças de outras cores, como o marrom que fica lindo quando usado com o preto.
    Montei o look com um vestido com modelagem invernal de mangas longa, composto um tecido encorpado,   usei esse look várias vezes no inverno, inclusive para trabalhar com meia- calça e blazer.  Como não tenho bundão prefiro as modelagens mais rodadas. Que é uma ótima opção para disfarçar aquilo que não tem. Rs Rs Rs.  As mulheres com mais quadril e busto prefiram os modelagem tubinho. Em se tratando de moda tudo é um jogo de equilíbrio. Lembre-se da regrinha onde levo sempre comigo:  Se você possui  busto grande, prefiram os decotes menos ousados e os vestidos com cortes mais retos, sem muito detalhes na parte de cima, evitando babados, franjas, miçangas, etc. Evite qualquer detalhe  que remeta volume na parte do busto. O seu busto é pequeno, a regra se torna contrária, abuse dos babados, franjas tudo que vai remeter volume na parte de cima. O quadril funciona quase o mesmo. Mulheres com quadril  largo evitem usar saias rodadas, prefiram cortes retos, já mulheres que não possuem tanto quadril e bumbum podem abusar dos vestidos rodados, saías rodadas... Essa diquinha é infalível!
      O calçado optei por um scarpin vermelho, como vestido preto é um clássico o scarpin vermelho é uma boa pedida. Essa modelagem de vestido como não é uma modelagem tão clássico, combina também com botas, sapatilhas e dependendo até com snarkes ( tênis com saltinho).
     Como o vestido pretinho é básico os acessórios é uma boa pedida. Não usei nenhum porque eu esqueci, mas usaria com algum dos meus inseparáveis maxi colares ....  eu amooooo e sou super adpta! a bolsa optei também um pretinho básico onde incrementei com um lencinho de seda com a estampa de animal print! o lencinho se torna um ótimo aliado para usar com aquela bolsa lisa sem muito detalhes.
Segue algumas fotos com o look:

Como o vestido tem um corte reto e liso sem detalhes, uma opção é usar com um cinto fino

Nenhum comentário:

Postar um comentário