Reflexão de uma Quinta - Feira Exausta

   Olá meninas, só agora tive um tempinho pra postar  a nossa reflexão! Estava a serviço em outra cidade e cheguei agora  Exaustaaaa!!! mas aqui vai uma  reflexão com muito amor e carinho para nos refletir um pouquinho sobre a nossas atitudes.
Espero que vocês gostem.... fiquem com Deus! Bjim a todas vocês!!! E Bora lá que quero dormi!!! rs rs rs!

  O RATO

Um rato, olhando pelo buraco na parede, o fazendeiro e sua esposa
abrindo um pacote. Pensou logo no tipo de comida que haveria ali.
Ao descobrir que era uma ratoeira ficou aterrorizado.
Correu ao pátio da fazenda advertindo a todos:
- uma ratoeira na casa, uma ratoeira na casa !!
A galinha disse:
- Desculpe-me Sr. Rato, eu entendo que isso seja um grande problema
para o senhor, mas não me prejudica em nada, não me incomoda.
O rato foi até o porco e disse:
- uma ratoeira na casa, uma ratoeira !
- Desculpe-me Sr. Rato, disse o porco, mas não nada que eu possa
fazer, a não ser orar. Fique tranquilo que o Sr. será lembrado em minhas orações.
O rato dirigiu-se à vaca. E ela lhe disse:
- O que ? Uma ratoeira ? Por acaso estou em perigo? Acho que não !
Então o rato voltou para casa abatido, para encarar a ratoeira.
Naquela noite ouviu-se um barulho, como o da ratoeira pegando sua vítima.
A mulher do fazendeiro correu para ver o que havia pego..
No escuro, ela não viu que a ratoeira havia pego a cauda de uma cobra
venenosa. E a cobra picou a mulher... O fazendeiro a levou imediatamente ao hospital. Ela voltou com febre.
Todo mundo sabe que para alimentar alguém com febre, nada melhor que
uma canja de galinha. O fazendeiro pegou seu cutelo e foi providenciar o ingrediente principal.
Como a doença da mulher continuava, os amigos e vizinhos vieram visitá-la.
Para alimentá-los, o fazendeiro matou o porco.
A mulher não melhorou e acabou morrendo.
Muita gente veio para o funeral. O fazendeiro então sacrificou a  vaca, para alimentar todo aquele povo.
                        
                                                            ( autor desconhecido)

Moral da História:
Na próxima vez que você ouvir dizer que alguém está diante de um problema e acreditar que o problema não lhe diz respeito, lembre-se que quando uma ratoeira na casa", toda fazenda corre risco.
 O mesmo ocorre em uma empresa ou na vida de alguém... O problema de um departamento, ou de uma área  .....É PROBLEMA DE TODOS SIM !!!

 Se deparar com um problema em que não é seu e apenas criticar e nunca estender as mãos. É um egoísmo. Um dia uma pessoa disse: não vou ajudar! e outra pessoa também disse: não vou ajudar e até vou criticar!  Também me criticou, também não me ajudou. Aquele que planeja e lhe deseja o mal certamente não conhece a ‪‎Lei da Semeadura‬, tão pouco teme estar preso eternamente a vida inútil que o conduz. Se a criticas ajudasse a resolver um problema.... isso só nos coloca mais pra baixo, a chamada de criticas construtivas em minha concepção não existem. Resoluções de uma conversa construtiva sim!...   Dependemos um do outro aqui neste mundo,  tudo que você faz  de bom retornará a você, atitudes ruins também tem o seu preço. Isso retornará de alguma forma a você.... e finalmente, o ódio, que julgas ser a antítese do Amor, segundo Chico Xavier,  não é! senão o próprio Amor iria se morrer eternamente.

                           NÃO DEIXES DE AMAR UM AO OUTRO  NOBREMENTE!!! ATÉ MESMO AQUELES QUE UM DIA TE CRITICARAM TERRIVELMENTE!!!




Nenhum comentário:

Postar um comentário